04/10/2017 Moção de Repúdio será enviada à Deputados Estaduais A Moção rejeita as atitudes do governo do estado em relação ao atraso e parcelamento de salário do funcionalismo público.

        Os servidores estaduais vêm recebendo de forma parcelada desde fevereiro de 2016. Nesta semana, conforme anunciado pelo governador do Rio Grande do sul, José Ivo Sartori, os servidores com salários mais baixos receberão em dia. Os demais, porém, só devem ter os pagamentos integrais até o dia 17 de outubro.

        Mobilizados pela atual situação, o presidente da Câmara de Vereadores, o vereador Maikon Modesto, juntamente com seus colegas vereadores, organizaram uma Moção de Repúdio. A mesma rejeita às atitudes do governo do Estado do Rio Grande do sul em relação ao parcelamento dos vencimentos dos Funcionários Públicos Estaduais.

        O presidente Maikon Modesto, acredita que é grave a situação em que o estado vem expondo o funcionalismo público, e que é um desrespeito o parcelamento e atraso do salário, uma vez que estes mesmo recebendo durante meses parcelado, estavam desempenhando seu trabalho com dignidade. A Moção foi assinada por todos os vereadores da casa na sessão desta segunda-feira, e será enviada à todos os deputados estaduais.

< Página Anterior